Imperador determinado…

Tudo que envolve Adriano sempre foi motivo de desconfiança. E que fique claro: não é questão de perseguição. Ele sempre deu motivos com seu comportamento nada regrado fora de campo. É praticamente um consenso que o conhecido e recorrente problema com álcool fez o Imperador deixar de chegar muito mais longe na carreira. Mas Adriano dá indícios de mudança. E, desta vez, parece estar levando mesmo a sério os treinamentos para conseguir voltar a jogar e encerrar sua trajetória de forma digna.

A notícia mais animadora no momento é que o Imperador parou de beber. Nas duas últimas semanas, Adriano tem se dedicado somente a treinar e não tem recebido amigos para as badaladas festas em sua mansão. Em suas redes sociais, o Imperador tem postado vídeos de seus treinamentos, que são monitorados por um profissional da comissão técnica do Flamengo. O responsável pelo acompanhamento dos dados é o preparador físico Fábio Eiras, que cuida dos trabalhos na sala de musculação do Ninho do Urubu.

Como consequência da dedicação, o Imperador conseguiu algo que parecia impensável. Está mais magro do que em seu melhor momento na carreira. Em 2009, quando foi decisivo para a conquista do hexa pelo Flamengo, Adriano sempre variou entre 98 kg e 101 kg. Hoje está pesando menos ainda, confirmando a impressão passada nos vídeos que posta em seu perfil no Instagram.

Ainda é preciso um bom tempo para saber se Adriano conseguirá mesmo voltar a jogar. Em uma análise fria, o ídolo rubro-negro não tem uma rotina profissional há pelo menos sete anos. A grave lesão no tornozelo esquerdo, sofrida em 2011, jamais foi tratada com o empenho necessário pelo Imperador, o que comprometeu de forma decisiva sua carreira.

Agora, parecendo enfim disposto a um desfecho digno de sua carreira, o Imperador enche de esperanças os seus fãs. No Flamengo ou em outro clube, o retorno depende apenas de sua dedicação. E a torcida é para que o Imperador siga levando a sério o que vem fazendo. Para pelo menos sair de cena como um vencedor da vida.

Deixe uma resposta